Circular sobre a CNH será enviada a todos os escritórios da Motorizzazione

O acordo bilateral de conversão da CNH foi assinado como resultado efetivo da atuação conjunta de parlamentares italianos eleitos pela América do Sul para a XVII Legislatura (2013-2018). Aos parlamentares coube a defesa dos interesses da comunidade italiana que vive no exterior.
Consolidado o acordo, cabe aos governos de ambos os países dar concretude ao protocolo e fazer com que produza os resultados para o qual foi criado; o Brasil, por meio do Detran, e a Itália, por meio do Ministério da Infraestrutura e Transportes.
Segundo Deputado Fausto Longo, muitas pessoas, no entanto, têm deixado mensagens solicitando uma solução para o fato de não conseguirem validar suas habilitações. “Enquanto parlamentar, temos que utilizar os mecanismos legais ofertados pelo regulamento da Câmara dos Deputados, desta forma, já realizamos o pedido de informações ao governo quanto ao andamento e cumprimento do protocolo entre os dois países.”
“E segundo informações passadas ainda hoje (02/08/18) ao nosso gabinete, o Ministério das Relações Exteriores da Itália irá enviar a todos os escritórios provinciais da “Motorizzazione” (órgão similar ao Detran) uma circular sobre a questão. Assim que tivermos acesso, divulgaremos.”
O Ministério das Relações Exteriores da Itália irá enviar a todos os escritórios provinciais da Motorizzazione uma circular sobre a questão.
Para agilizar o retorno de uma solução para esse caso, os interessados podem, como alternativa, entrar em contato com os responsáveis diretos pelo perfeito funcionamento do acordo bilateral assinado em 2016: o atual titular da Embaixada do Brasil, Antonio de Aguiar Patriota, que substituiu Ricardo Neiva Tavares (que foi quem assinou o acordo), e Ricardo Merlo, que substituiu o Vice-Ministro Mario Giro (ricardo.merlo@esteri.it ou segretaria.merlo@esteri.it). Outros e-mails à disposição são: cnh.italia@cidades.gov.br e brasemb.roma@itamaraty.gov.br.